Ouro

(2020)
dsg5321.jpg

A relação entre Brasil e Portugal é marcada por conflitos desde quando as histórias dos dois países foram interligadas. No passado, as travessias-invasões estabeleceram uma relação de poder entre cultura, corpos e tradições perante outras. Os papéis foram, então, definidos: colonizadores e colonizados. Séculos depois, as relações são feitas por travessias burocráticas em que passaportes, vistos e uma série de documentos são exigidos para que um cidadão de um País se desloque ao outro. Deslocamentos estes motivados pelas mais diversas razões, como políticas, econômicas e sociais. Resultado disso é que hoje a maior comunidade de imigrantes em Portugal é a brasileira.

 

Nessa perspectiva, o projeto Ouro investiga o modo com essa relação se desdobra atualmente, a partir do encontro com brasileiros que residem em terras portuguesas.

 

Uma publicação em tamanho A5 (14.8 X 21 cm) apresenta retratos e imagens de notícias, dentro possui outra publicação menor, a qual apresenta os relatos escritos. Esses elementos juntos são suporte para a materialização e concepção desta pesquisa. 

 

Apresentado na exposição As Fotografias e o Resto, no Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto, Portugal;

Fotolivro, 2020.