A Volta de Fordlândia

2019

Atuei como educador na exposição A volta de Fordlândia, realizada na Associação Fotoativa durante os meses de maio e junho de 2019,  recebendo o público de visitantes e também agendamentos de turmas universitárias da Universidade Federal do Pará.

 

Assim, durante a mediação percorríamos o espaço expositivo e depois fazíamos uma atividade simples relacionada a um dos trabalhos em exposição, a obra Sementes para Fordlândia, do artista Alexandre Sequeira. Um dos principais pontos norteadores do trabalho de Alexandre é a questão da alteridade, a relação com o  outro. A cidade em questão é envolta pelo passado das sementes da seringueira, pelo histórico das intenções de Henry Ford em transformar o local em um posto de abastecimento de látex para sua empresa automobilística, criando uma cidade nos moldes norte americanos no meio da Amazônia. Sob este contexto, Sementes  para Fordlândia é um trabalho concebido em uma escola juntamente com os alunos, os quais  são instigados a pensar que sementes gostariam de plantar. Assim, a partir dos desenhos  feitos, Alexandre cria espécies de cartões postais em que se têm o nome e desenho das mais  diversas sementes, como a semente da amizade e do amor. 

À vista disso, a ação desenvolvida com as turmas de visitação agendada consistia em, primeiramente, que os estudantes escrevessem em um papel as sementes que gostariam de plantar para seus futuros, as quais não necessariamente precisavam ser sementes plantáveis na terra, mas poderiam ser também sentimentos. Logo, deveriam descrevê-las com o máximo de detalhes possível, para que posteriormente trocassem de papel com um colega e desenhassem a semente do outro a partir da narrativa gerada por escrito. Posteriormente, cada um deveria mostrar as sementes desenhadas e falar sobre elas, sempre dando o espaço para a pessoa que criou a ideia se expressar. As sementes surgidas foram as mais variadas possíveis, cheias de histórias e significados bonitos, surgiram sementes da empatia, felicidade, respeito, sororidade, reciprocidade, cuidado, afeto, dentre outras.